hydrocodone online buy adipex online buy vicodin online buy adderall

Baía Formosa

Slide background

Batizada pelos portugueses em 1612, encantados com sua beleza, Baía Formosa ainda respira um ar totalmente inexplorado. Composta por uma diversidade impressionante de aspectos selvagens da natureza, talvez seja hoje, uma das mais preciosas descobertas do litoral brasileiro.
Situada no extremo sul do estado do Rio Grande do Norte já na divisa com a Paraíba (a 94 km de Natal, 110 de João Pessoa e 220 de Recife), a cidade mostra ao turista, logo em seu acesso, o porquê de ser tão venerada por quem a visita.

Na estrada que liga a BR-101 à Baía Formosa, totalmente cercada por coqueirais e mata nativa, é possível sentir já o ar puro e começar a ver a natureza do lugar.

Na chegada, o impacto visual da baía que originou seu nome. Dourada ou prateada, dependendo da hora do dia, suas águas formam um belíssimo cartão-postal. A partir daí, é uma paisagem mais bonita que a outra: praias desertas, rios encontrando com o mar, altas dunas, exuberantes lagoas de água doce e os incríveis atrativos da maior reserva de Mata Atlântica do Rio Grande do Norte, a chamada Mata Estrela, tudo isso intocado, do jeito que a natureza criou.

Nas ruas da pequenina Baía Formosa, pode-se encontrar uma tranqüilidade sem igual. Nos seus bares, restaurantes, pizzarias, no mercado de artesanato, na vila dos pescadores, em tudo, está estampado a simplicidade e o clima pacato e aconchegante deste verdadeiro paraíso.

Baía Formosa estende-se, pelo litoral, da Barra de Cunhaú ao norte e vai até o distrito de Sagí ao sul, onde se encontra um autêntico povoado caiçara. Todo esse trajeto soma cerca de 25 km de praias, várias delas totalmente desertas, passando pelo imponente farol da cidade, o sinuoso campo de dunas, o início das trilhas para as lagoas e os belíssimos rios Sagí e Guajú, sempre rodeado pela intocada Mata Atlântica.

Venha conhecer Baía Formosa, e como os primeiros portugueses que aqui pisaram, se encantar com esses cenários bucólicos e paradisíacos. E com toda certeza, você nunca esquecerá deles.

© Copyright - IV FINC